Entenda os fundamentos dos 5 pilares da educação positiva

Agora que já compreendemos os conceitos essenciais para a formação integral de nossos filhos, iremos descrever detalhadamente os pilares da educação positiva.

Sem dúvida, em algum momento você já deve ter se questionado sobre os princípios da educação dos seus filhos, se tendem a ser apontados frequentemente para o lado positivo ou negativo.

O ser humano tem a tendência natural em focar nos erros e falhas. Nosso cérebro é condicionado a criticar qualquer comportamento inadequado, antes mesmo de buscar entender e corrigir tal ação.

Com os nossos filhos, não seria diferente. Na contramão disso, os pilares da educação positiva nos mostram que é possível trabalhar o lado positivo em todas as circunstâncias.

Neste artigo, iremos abordar as características de cada elemento que integra os pilares da educação positiva por meio do encorajamento e empatia.

Confira!

Pilares da Educação Positiva

1. Respeito Mútuo

É fundamental manter o equilíbrio entre o amor e a firmeza, partindo da premissa de que ao ser amável com a criança, a respeito; ao ser firme com ela, respeito a mim mesmo.

Os pais precisam ser exemplos de respeito e gentileza diante as necessidades da criança, fazendo referência à educação com base no respeito mútuo.

2. Incentivo a Participação da Criança

Faça com que seu filho se sinta importante e participe em pequenas decisões diárias.

Desse modo, a criança irá desenvolver o sentimento de pertencimento ao ter a chance de cooperar, ser ouvida e levadas a sério.

3. Desmistificação da Crença do Mau Comportamento

Um dos instintos comportamentais da criança é ser aceita, mesmo que inconscientemente. Por isso que na maioria dos casos, a criança se comporta de maneira inadequada.

Ensine valores como responsabilidade, disciplina, empatia, autocontrole e respeito. Princípios valorizados dentro dos pilares da educação positiva.

4. Estímulos para o Desenvolvimento das Capacidades da Criança

Fortalecer a confiança nas crianças é um desafio. Ao incentivá-las a descobrir suas capacidades, possibilitamos que se tornem sujeitos capazes de aprender com seus próprios erros.

Sem julgamentos ou castigos, ainda que falhem, ao ter confiança em si mesmos, poderão aprender o correto e corrigir os erros.

5. Comunicação Efetiva

Dentro e fora da disciplina positiva, a comunicação é uma importante ferramenta para a relação humana.

No contexto educacional e familiar, os pequenos aprendem a escutar e usar palavras corretas para pedir o que precisam. Sempre com muito respeito.

Evite gritar, falar alto ou dar sermões. Muito menos agressão verbal ou física. Esse tipo de atitude gera vergonha, raiva, confusão e sentimento de culpa que podem ser carregados a longo prazo.

Em visto disso, podemos dizer os pilares da educação positiva servem como um guia para aqueles que pretendem estabelecer este método em casa e estendê-lo para a escola.

Vale lembrar que, a educação positiva não se trata apenas de metodologias otimistas. Mas sim, de um conceito que não ignora os problemas, que emprega o discernimento e preza muito pela ideia de uma mente aberta.

Foque no encorajamento e cultive a gratidão.